Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4 Acessibilidade 5 Alto contraste 6

---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

Escolas > EM Antônio José Correa Sobrinho

Breve Histórico

Publicado em 12/04/2017 às 09:20 - Atualizado em 12/04/2017 às 15:32

Por volta de 1925 foi implantada em Bom Jesus a 1ª escola. As 1ªs Professoras foram Dona Otília e Dona Fortunata, que vinham de Tubarão. A escola era subordinada a rede pública estadual. Gregório Westrupp, em 1929, foi o 1º mestre-escola de Bom Jesus, que lecionou na casa ainda existente, em frente ao salão e a capela. A casa construída e pertencente, na época, a Antônio José Corrêa Sobrinho. Em 1934, a escola foi transferida para a outra margem do rio. A sala de aula ficava junto à casa do Senhor Henrique Westrupp. D. Cristina Westrupp Doerner sua filha, começou a lecionar e ficou até se aposentar em 1958. Almira Doerner Hoepers (filha de Cristina Westrupp) foi sua substituta, também até se aposentar em 1982. Em 1956, a escola voltou a funcionar no antigo lugar, pondo fim na travessia perigosa da ponte pênsil, que certo dia arrebentou e arremessou os alunos ao rio. Inicialmente funcionou no salão da igreja, até ser construída a antiga escola, onde hoje é o posto de saúde, num terreno escriturado ao Estado por Leudegário Corrêa, que ratificou a doação feita pro seu pai, Sr. Antônio José Corrêa Sobrinho. Inicialmente a escola se chamava Escola Isolada Bom Jesus do Alto Capivari, Bom Jesus devido ao Santo Padroeiro da comunidade São Bom Jesus e Capivari por causa do rio do mesmo nome que passa pela comunidade. Por volta de 1974, a escola era denominada Escola Isolada Desdobrada Bom Jesus e em 1978 era chamada de Escola Isolada Estadual de Bom Jesus do Alto Capivari. Em 11/11/1983, através do Decreto de nº 20.584 e pelo projeto de lei do Vereador Alfredo Corrêa, em homenagem ao seu fundador e doador do terreno, a escola passou a se chamar Escola Isolada Antônio José Corrêa Sobrinho. Senhor Antônio, lutou muito em favor da escola, foi o fundador e construtor da mesma juntamente com seus filhos. Ele era muito querido pela comunidade e gostava muito de crianças. Mesmo com instrução primária, cultivava grande gosto pela leitura, sendo seus assuntos prediletos à história, a geografia e a política. Quem o ouvia admirava seus conhecimentos. Conquistou cedo a confiança, a amizade e a liderança, dentro e fora de sua comunidade. Em 1991, o Governo do Estado de Santa Catarina lançou o Programa de Municipalização das Escolas Multisseriadas, com isso, as escolas isoladas passaram a pertencer ao município. Desta forma, nossa escola também deixou de pertencer ao estado e passou a pertencer ao município, onde foi criada a Secretaria Municipal de Educação. Pelo Decreto nº. 2.344 de outubro de 1997 foi implantado o programa de Nucleação do Município de Armazém. Assim, a escola passou a ser escola núcleo atendendo também alunos vindos das três comunidades vizinhas: São Cristóvão, São João e Alto Bom Jesus. Após o processo de nucleação das escolas, sentiu-se a necessidade de uma nova escola. Em 2001, objetivando oferecer maior espaço para os recreios e afastar os alunos dos perigos da estrada, a escola foi transferida para o prédio atual. O terreno de 600m², onde foi construída a nova escola, construída pela Prefeitura Municipal. A escola era composta das seguintes repartições: 2 salas de aula, 2 banheiros, 1 cozinha e 1 pátio. Em 01/04/2002, de escola isolada, passou a se chamar Escola Municipal Antônio José Corrêa Sobrinho, através do decreto de nº 381. Em maio 2005 foi implantada na comunidade a Educação Infantil, que começou atender crianças de 3 a 6 anos de idade. A Educação infantil funcionava num prédio esportivo cedido pela comunidade e era separado da escola. Então em 2007, a escola foi ampliada para atender a Educação Infantil, que vem dar suporte a ao Ensino Fundamental de 1ª a 4ª série já existente. A escola foi ampliada com mais 1 sala, 2 banheiros, 1pátio, 1 depósito e 1área aberta em frente de toda escola. Em 2012, através, de recursos da Escola Acessível, foi construído um banheiro de acordo com as normas de acessíbilidade. No ano de 2014, com recursos vindos do PDDE Campo e da APP, foi construída mais uma sala onde hoje estuda o Pré-escolar.